quarta-feira, 26 de maio de 2010

Alice: Objeto fabuloso, por Naisha Cardoso.

Que "Alice" rendeu nas coleções das mais badaladas grifes do mundo, isso todo mundo já sabe. E teve para todos os gostos e gêneros e nós, adoramos, é claro! Mas o que mais eu achei legal nessa "onda" foi que talentos independentes, que de alguma forma também estão em busca de seu lugar ao sol, também se arriscaram e lançaram mão dessa inspiração para criar.
Pois eu digo que criar (seja o que for, um objeto, uma roupa, uma obra literária, uma música etc, é um (re)inventar-se a si próprio e nisso também reside um "descobrir-se" e um "encontrar-se" com aquilo que habita em nós.
E se vocês acham que esse post está ficando muito filosófico, voltemos à obra: o que é "Alice", senão uma fábula filosófica que diz da nossa busca incessante por um "existir" no mundo?
Daí, que vi muitas coisas inspiradas em "Alice", algumas literais, outras bonitas, outras fofinhas, outras "na moda". Mas então, me vem a Naisha com este objeto, que é um colar, mas por um instante, para mim, é quase um "Sonho de Alice" (se de fato, não o é), que é cheio de símbolos que remetem à própria fábula, mas que dentro dos meus sonhos adquirem outros significados - os meus significados.
E fiquei pensando: na pessoa criando e fazendo este colar... enquanto o faz e tece trama por trama e, enfia, conta por conta, por que sonhos andará? E quem a trará de volta para este mundo quando ele, o colar, estiver pronto? E quando ele estiver pronto, o "objeto-fábula-sonho", já não será mais de Alice, quem o fez!

Inspiração em Alice in Wonderland - 2010

E quem disse que a inspiração da moça para por aí? 

4 comentários:

Bia Galvão disse...

Sil, adoreiiiii o colar, ainda não tinha visto, q coisa mais linda. Adoro o noveau tb q é um mimo de trabalho. parabéns Nai!!!
bjsjsjs

Ana Carolina disse...

Muito lindo o colar...tb adorei!
bjs

Rafaela Costa disse...

Que blog lindo, adorei o layout!
Adorei conhecer seu blog.
te seguindo pra saber de tudo q rola por aki.

Bjs,
Rafaela

Naisha Cardoso- Objetos com Personalidade disse...

Biaaaa, sumida!Rs obrigadaa. É, acho que criar é justamente o que falaste. É fugir de si, das tormentas, preocupações e grandes decisões. Soa contraditório, mas é complementar. Ao criar, você olha pra dentro, mas se esconde em algum lugar lá onde outros pensamentos são bloqueados. Então criar é não pensar, racionalizar, simplesmente deixar fluir. Hahahaha como estamos poéticas hein! Beijos!!!